Loving Vincent: Arte e tecnologia se unem para trazer vida às telas de Vincent Van Gogh

Em sua última carta, Vincent van Gogh escreveu: “Well, the truth is, we cannot speak other than by our paintings”. E baseado nisso, o estúdio BreakThru Films, ganhador do Oscar com o curta de animação Peter and the Wolf em 2008 (além de 5 outros prêmios e 2 indicações), resolveu criar o primeiro longa-metragem de animação utilizando técnicas de pintura à óleo e contar a vida e a morte obscura do artista holandês.

Loving Vincent utilizou a tecnologia criada e patenteada pela BreakThru Films, chamada PAWS (Painting Animation Work Stations) para que 30 artistas pudessem pintar 56.800 quadros que dão movimento às obras de van Gogh. Isso quer dizer que todo o filme foi feito através de telas pintadas à mão, em telas com óleo!

O projeto começou como uma campanha de crowd-funding via Kickstarter que tinha como objetivo captar £75,000 e encerrou em 2014 captando pouco mais da metade, £41,219. Com essa verba disponível, patrocinadores se interessaram pelo projeto e viabilizaram a finalização, que será lançada este ano de 2016, com direção de Dorota Kobiela e produção Hugh Welchman.

Confira abaixo o trailer-conceito criado em 2012 e que chamou a atenção dos investidores e da imprensa:

Site oficial: http://www.lovingvincent.com/
IMDb: http://www.imdb.com/title/tt3262342/

Start typing and press Enter to search