66º Festival de Cannes premia filme de amor “A Vida de Adèle” com Palma de Ouro

Em meio à protestos políticos que vem acontecendo na França à respeito do casamento entre homossexuais, o festival mais respeitado e elogiado do cinema independente concedeu o prêmio Palma de Ouro ao filme “A Vida de Adèle”, do diretor franco-tunísio Abdellatif Kechiche. O filme conta a história de uma garota de 15 anos que se apaixona por outra moça e tem como protagonistas Adèle Exarchopoulos e Léa Seydoux, que foram intensamente aplaudidas após a apresentação.

adele

Grand Prix (ou Grande Prêmio) foi levado pelos irmãos Coen (Joel e Ethan) pelo filme Inside Llewyn Davis. O filme, que conta com ninguém menos que o astro Justin Timberlake e Carey Mulligan como protagonistas, conta a história de um cantor/compositor que mergulha na tradição musical de NY da década de 60.

O prêmio de Melhor Diretor ficou para o mexicano de 34 anos Amat Escalante pelo filme Heli. (Apesar de ter nascido em Barcelona, Espanha).

Outros premiados no 66º Festival de Cannes que aconteceu entre os dias 15 e 26 de Maio foram:

Prêmio do JúriLike Father, Like Son (Japão), de Hirokazu Kore-eda
AtorBruce Dern, por Nebraska (Estados Unidos)
Atriz: Berenice Bejo, por Le Passe (França)
Câmera de OuroIlo Ilo (Singapura), de Anthony Chen
Un Certain RegardL’Image Manquante (França), de Rithy Panh
RoteiroA Touch of Sin (China), de Jia Zhangke
Curta-MetragemSafe (Coreia do Sul) de Moon Byoung-Gon

http://www.festival-cannes.fr/en/theDailyArticle/60411.html

AFF_CANNES_22X30.indd

Start typing and press Enter to search