A Mulher Maravilha é “Mara”!

Mocinhas, preparem-se! Chegou a vez de uma das maiores representantes do feminismo moderno ganhar os holofotes! Sim, é tempo de todas as atenções se voltarem para Diana Prince, mais comumente conhecida como Mulher Maravilha.

Desde fevereiro, a Warner Bros. TV ensaia colocar no ar uma possível série sobre a super heroína. Ainda aguardando confirmações, o hipotético programa já tem arrematado elogios e críticas. Estrelada pela novata Adrianne Palicki, a direção é de David E. Kelley, o mesmo de Boston Public e Ally Mc Beal e conta também com Elizabeth Hurley como a vilã Veronica Cale.

Uma das muitas reclamações já observadas pelos produtores do programa diz respeito às “adaptações” no figurino da moçoila. Ok, vale um comentário: Olha aí do lado. Tá ou não bem parecido com a brasileiríssima Gang?! No mínimo, exótico!

Ainda assim, há quem defenda o microshort de estrelas, institucionalizado como seu uniforme desde 1941, quando a personagem foi criada pela DC Comics (Detalhe: caiu na rede uma foto da atriz usando a “quase tanga”. Será que ela bota das pernocas de fora?!).

Aproveitando o momento “mara”, a MAC, que não é nada boba, embarcou na onda girl power e lançou uma linha exclusivíssima com variações de makes para as fãs da marca (imbatível!) e da amiga do Superman. Entre as atrações, todas já com filas intermináveis de espera aqui no Brasil (mesmo antes do lançamento, que só acontece em junho), estão paletas de sombras, pigmentos puros, batons, glosses, blushes, pós compactos, máscaras, cílios postiços e delineador em forma de caneta (super inovação da grife), além de camisas, bolsas, necessaires, espelhos, estojos e pincéis.

A paleta de cores é básica, se mantém dentro do universo da personagem e os preços são salgadinhos, mas vale o investimento pela qualidade dos produtos da marca canadense, pelas embalagens liiiiiiiiiiindas e pelos nomes criativos que batizam os produtos como Army of Amazons e Lady Justice.

Start typing and press Enter to search